“QUEREMOS SENTENÇA!”

O apelo é do presidente da Subseção da OAB Colatina, Martiniano Lintz Junior. Ele se refere ao grande número de processos aguardando julgamento na área da sua jurisdição, Colatina, Baixo Guandu, São Domingos do Norte, Alto Rio Novo, Itarana, Marilândia, Governador Lindenberg, Pancas e Itaguaçu. Segundo consta, 15 mil processos estão parados nesses municípios; seis mil apenas em Baixo Guandu. Martiniano prega uma ação concentrada da magistratura e do judiciário para que o problema seja sanado. “A saída é o mutirão, um esforço concentrado dos magistrados para pôr fim a esse acúmulo de processos; o advogado vive de sentença”, diz. Martiniano Lintz finaliza dizendo que a recente aprovação pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) do auxílio-moradia para juízes, desembargadores e ministros, no valor de R$ 4.377,73, deverá ajudar a reverter essa realidade. “A simples presença de um juiz nas comunidades, principalmente nas do interior, além de dar celeridade aos processos, inibe a criminalidade”.




















Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Comentários